quarta-feira, outubro 28, 2009

Um dia eu volto, quem sabe


Bom, a galera que está acessando este blog há semanas (meses?) e não vê nada além de um bicho voador verde merece uma satisfação, né não?

Uma mistura de inspiração rala e trasheira física causada por uso intenso de computador (pense numa tonteira daquelas; depois, pense em começar a sentir isso todos os dias) é a culpada por eu ter deixado o blog para os insetos nesses últimos tempos.

Primeiro, pensei em acabar tudo de vez. Depois, pensei em entrar no Twitter. Finalmente, um amigo sugeriu: por que você não deixa para escrever só quando der na telha? Aí, achei a idéia boa. Devo fazer isso mesmo.

Quando a inspiração vier de novo como veio no começo deste ano, quando eu voltar a fazer umas fotos legais ou quando aparecer uma viagem fera, eu reabro o cafofo. E dou um jeito de avisar pra todo o mundo.

O Diário da África sugeriu que eu ilustrasse esse post com a canção Vapor Barato (a letra tem tudo a ver), mas me esqueci de perguntar se ele achava mais legal a versão da Gal Costa com o Zeca Baleiro ou a d'O Rappa. Na dúvida, deixo abaixo o link pras duas.

Pues, Gal Costa pra quem é de Gal e O Rappa pra quem é de Rappa.

Beijo!

5 comentários:

Paula Menna Barreto Hall disse...

estarei por aqui sempre, pra quando te der na telha!!! risos. twitter também é divertido! beijos

Diário da África disse...

Mari,
Volte sim!
Um beijo desde Maputo!

solin disse...

olha q eu vou esperar. saudades :(

e se der p avisar, faça. eu estarei por aqui, sempre q der também.

Um beijo!!

ps: ah e manda algum sinal de vida por e-mail, se quiser e qdo der..

;)

Gui Scheinpflug disse...

Oi, Mari, é assim mesmo, não se estresse com isso não... tem momentos em que não dã vontade mesmo. Mas não temos obrigação de nada nesse mundo. nem mesmo de pagar nossos impostos.

beijos e apareça quando der vontade.

Marcelo Saboia disse...

No aguardo...