sexta-feira, janeiro 06, 2006

É hora de blogar

Conte as histórias das férias, publique seus melhores contos, mostre suas opiniões sobre o mundo. E conheça algumas dicas para fazer de sua página um sucesso entre os internautas

Mariana Ceratti
Da equipe do Correio

Para muita gente, janeiro tem cara de férias, viagens, diversão. Depois de passear, conhecer lugares e pessoas diferentes, que tal registrar tudo isso em um blog? Cada vez mais fáceis de construir, esses sites fizeram mais democrática a publicação (ou postagem, como se diz no jargão dos blogueiros) de textos, fotos e até vídeos na internet. São um ótimo meio de contar aos amigos, parentes e conhecidos todas as histórias que você e seus amigos — sim, os blogs podem ser elaborações coletivas — devem viver neste começo de ano.

Para atrair leitores

Incluir o seu site em um feed
Esses serviços servem para avisar outros internautas sobre atualizações que você tenha feito no seu blog. Neles, o blog ganha visibilidade ao ser incluído em listas de “atualizados recentemente”. Alguns sites de feed ainda possibilitam que outros internautas “assinem” seu blog e recebam as novidades por e-mail assim que você escrever algo novo.

Permitir que seus posts sejam enviados por e-mail
Dependendo do blog, há botões que dispensam o CTRL+C CTRL+V e facilitam a vida de quem quiser passar para frente um texto (post) que você tenha escrito.

Caprichar no português
Preste atenção à gramática, use corretamente as maiúsculas e minúsculas e não descuide da pontuação. Ao escrever “aXiM”, o máximo que você pode atrair são os seus “mIguXinHuXxX”.

Atualizar constantemente
Se outros internautas entram em seu blog constantemente e nunca vêem um novo texto ou foto, a tendência é que eles deixem de visitar a página. O ideal é estabelecer uma periodicidade e manter-se firme nela.

Pensar no seu público-alvo
Pode ser a sua família, amigos, clientes ou interessados em um assunto que é seu objeto de pesquisa. Quando você tem essas pessoas em mente, fica mais fácil pensar em tópicos e estabelecer uma linguagem para a escrita.

Dar preferência aos textos e parágrafos curtos
Eles tornam mais fácil a leitura das páginas de internet. Isso não quer dizer que você nunca vai poder escrever textos longos.

Usar links para outros blogs
Eles também dizem bastante sobre você: quem você admira e lê

Colocar o endereço do seu blog na assinatura do e-mail
A dica é importante principalmente para quem usa o blog com fins profissionais, já que assim o destinatário poderá saber melhor quem é você.

Ser um comentarista ativo
Se você lê um blog com freqüência, deixe comentários sobre o que você achar interessante. Isso faz com que outros internautas vejam que você tem algo a dizer e funciona como um convite para que eles visitem seu blog.

Imprimir o endereço do seu blog em cartões, adesivos etc.
Para divulgar melhor seu trabalho ou criação artística, essa informação pode ser tão importante quanto seu telefone ou e-mail.

As dicas foram adaptadas do texto Divulgando seu blog, publicado por Biz Stone no site Blogger.com. Ele é autor dos livros Who let the Blogs out? e Blogging: genius strategies for instant web content

**************************************************

Os erros mais comuns

Falta de biografia (perfil) do autor
A não ser que você seja alguém famoso, a maior parte dos leitores não vai achar o suficiente simplesmente saber seu nome. Os internautas podem querer saber: você tem alguma credencial ou experiência no assunto que está comentando?

Falta de foto do autor
Uma foto é importante porque dá uma cara mais pessoal ao blog. Com a foto, as pessoas que já o encontraram antes vão reconhecê-lo pela foto, e as pessoas que leram seus textos vão saber que é você quando o encontrarem pessoalmente

Títulos que não descrevem nada
A dica vale principalmente para blogs profissionais: os usuários devem estar aptos a captar o conteúdo de um texto pelo título. Títulos escritos em CAPS LOCK também são ruins. A velocidade de leitura é reduzida em 10% e os usuários podem achar que você está gritando com eles.

Os links não dizem para onde vão
Diga aos seus leitores aonde eles estão indo e eles vão querer saber o que há na outra ponta do link. Geralmente, você deve dar informações preditivas ao longo do texto, ou nas palavras que cercam o link.

Os melhores textos desaparecem
Não deixe seus melhores textos esquecidos nos Arquivos, onde as pessoas só encontrarão algo se elas souberem quando você os publicou. Escolha alguns deles e destaque-os em um menu no seu blog.

A única forma de navegação possível é o calendário
O calendário nem sempre organiza as informações da melhor forma. Alguns blogs provêem uma forma de classificar os posts de modo que os usuários consigam fazer uma lista de todos os posts que fizeram em um deteminado tópico. Use essa categorização e os textos ficarão mais fáceis de achar.

Freqüência de publicação irregular
Para garantir uma produção constante, guarde algumas de suas idéias e escreva-as quando você estiver numa fase de pouca criatividade.

Misturar tópicos
A sugestão vale para blogs profissionais: quanto mais específico for o seu conteúdo, mais selecionados serão os leitores. Isso o torna mais influente no seu nicho. Os sites especializados comandam a web, tenha isso em mente.

Esquecer que seu futuro chefe pode ler
Quando você escrever qualquer coisa na internet, pense em como isso vai soar para um chefe que queira contratá-lo daqui a dez anos. Uma vez que certas coisas são publicadas, elas ficam arquivadas na internet, indexadas em milhares de serviços que você talvez nunca vá saber.

Ter um domínio genérico de blog
Esta também vale para quem pensa em fazer, do próprio blog, um ganha-pão: é tentador começar um blog em qualquer serviços que ofereça contas gratuitas. Mas custa R$ 30 por ano ter seu próprio nome de domínio (o registro, no Brasil, é feito pelo Comitê Gestor da Internet, no endereço www.cgi.br). À medida que sua atividade blogueira ficar mais séria e consolidada, saia de um nome de domínio que seja controlado por outrem.

As dicas foram retiradas e adaptadas do texto Weblog Usability: The Top Ten Design Mistakes, escrito por Jakob Nielsen, especialista em usabilidade na internet, e disponível na íntegra (em inglês) em http://www.useit.com/alertbox/weblogs.html

(Publicado no Correio Braziliense do dia 3 de janeiro de 2006)

2 comentários:

Felipe Campbell disse...

Já foi mais humilde!!!

Homi disse...

usability rocks!!!
adorei o post! excelente apuração! grandes dicas para todos os blogueiros!