domingo, novembro 15, 2009

Tentativa de crítica

Vi a dica do restaurante asiático Pan Doo n'O Melhor e o Pior de BSB, resolvi visitar o lugar e escrever uma opinião direitinha sobre o que achei.

(Ainda mais porque agora eu me autoliberei para falar quando quiser dos lugares daqui!)

Em termos de decoração, uma graça. O lugar tem mesas de madeira chiques, um monte de máscaras asiáticas e vários detalhes em cor de laranja. Se de dia é legal, imagine durante a noite.

Não sei se pelo pouco tempo de existência, pelo horário ou pela falta de divulgação, o lugar estava meio vazio. Além da nossa (Mari + Senhor Meu Marido) mesa, havia só mais uma. Isso facilitou super o atendimento, bem simpático, por sinal, embora o menino desse mostras de pouca experiência no serviço.

Também não sei se com mais gente o dono bota mais garçons para trabalhar ou deixa um só. Se deixar um só, eu tenho medo, porque o negócio vai empacar, lógico!

Trilha sonora: palha. Pô, eu gosto da Nova Brasil FM, mas para ouvir no carro. Se não é para tocar música típica dos países contemplados no cardápio, que coloquem pelo menos um lounge (coisa que o Buddha Bar popularizou e de quem todo mundo foi atrás)!

O cardápio é superamplo e se permite toques brasileiros no uso dos ingredientes, o que dá direito de escolha a todo mundo. Mas eu fico braba quando eu vejo que um terço das opções está em falta. E, pior, o meu cardápio e o do SMM estavam com um monte de marcações diferentes -- que ajudavam o aprendiz de garçom a ver o que está ou não disponível, mas passavam ao mesmo tempo uma impressão péééssima do lugar! Havia estrelinhas, asteriscos, setas, letras n com um til em cima e por aí vai. Não pode, não pode, não pode! O dono tem que assumir o tamanho do cardápio que elaborou, ora. ;-)

Não havia, por exemplo, o temaki de pato pequim, uma das opções de entrada. Mas havia um dim sum de caranguejo com molho agridoce/apimentado muito xuxuzinho. Ponto pros caras!

Para mim, pedi um prato cujo nome me esqueci (sorry), mas que basicamente consistia numa yakissoba bem servida à beça, com filé, vegetais e uns cogumelos picados grandes. Curti. SMM escolheu um arroz frito de mariscos que, quando veio, tinha a apresentação igualzinha à de uma paella. E ficou se perguntando se não estava num restaurante de inspiração asiática. Afe!!!

Não rolou sobremesa, mas ela também não parece ser grandes coisas.

Os preços estão dentro da média de Brasília. E ligeiramente mais baixos que o do Naan, aonde eu só vou quando o dono promove festivais temáticos (em outra época não dá, é tudo carésimo).

Último comentário: dono do Pan Doo, se o senhor for leitor deste blog, por favor, tire das nossas vistas a geladeirinha que fica no andar de cima. Ela é tosca! Hehe. E garanta que todos os pratos do cardápio possam ser de fato servidos pela casa! Agradecemos antecipadamente.

Bom, como o blog da Lulupeters + Nina + cia. serviu de inspiração para o post, faz sentido terminar como as companheiras blogueiras fazem...

Nota do blog: até que rola! (Abaixo de 100% da proposta do local, mas com alguma compensação que garanta uma segunda tentativa)
Dica do blog: dim sum de caranguejo.
Serviço: 306 Sul, Bloco C, Loja 36; (61) 3443-5534.

5 comentários:

Anne Brito disse...

menina, cheguei no teu blog nem me lembro mais pq (tava pesquisando alguma bobeira no guugli), e fui bater no teu post do Baby Berra. Aí fui futricando e li o do Chiclete... aí depois de mais uns minutos decidi: sou tua fã! Tens uma figurinha qqer pra eu te colocar no meu blog n =D
BTW me deixa colocar teu post do Baby Berra lá no blog? Pra minha seleção de melhores momentos pela net xD

RC disse...

Pô, Mary, facilita nossa vida e dá um exemplo do preço... "dentro da média" para um é uma coisa... :)

Mari Ceratti disse...

Anne: citando a fonte e não mexendo no texto, pode reproduzir!

RC: o dim sum de caranguejo custou 18 lascas (porção com vários); foi o mesmo preço da minha yakissoba. Mas há itens mais caros também. Olhando tudo na diagonal, dá para dizer que a média do preço dos pratos fica mais ou menos nos R$ 30. É bem a média de BSB, embora eu não a considere barata.
Bjo!

Marcelo Saboia disse...

Escreva outra!

***LULUPETERS*** disse...

Mari, parceira!!!
Não tinha lido ainda!!! Continue escrevendo!!!

Beijos!