domingo, setembro 12, 2010

Nubentes

Num fim de tarde em Brasília, sentei-me na cadeira da moça que ia dar um jeito no meu visu para um casamento mais tarde.

ELA – Você gosta de maquiagem forte?

EU – Gosto.

ELA – Tá certo...

EU – Moça, eu só não quero entrar para a história como a mulher que foi a um casamento maquiada igual à Lady Gaga.

Ela riu.

Quando saí, senti que estava pronta para me candidatar a socialite na coluna social mais próxima. É por isso que adoro casamentos: eles são uma ótima desculpa para a gente fazer essas maluquices e tirar os vestidos e os saltos do armário.

No dia a dia, morro de preguiça de tudo isso: vestidinho, salto, maquiagem. Ser mulher dá uma trabalheira absurda.

............................................

Casamentos também são legais porque só neles a gente ouve palavras aparentemente caducas, como nubentes. Sério: em que outra circunstância você vê nubentes dita ou escrita por aí? Nem na Caras, que chama casamento de boda para só encurtar os títulos e as legendas...

............................................

Outra palavra que daqui a pouco morre por desuso é pajem -- que designa aqueles moleques de miniterno que entram na igreja para... Para quê mesmo? Para levar as alianças para a noiva, acho.

A festa aonde fui tinha um pajem superlindo, de 2 anos, no máximo. Um toco de gente, cuja fofura era inversamente proporcional ao seu tamanho. Desnecessário dizer que rolou um ooooooh coletivo, né?

Pois o garoto quase dá um piti e se recusa a entrar para cumprir sua missão matrimonial. Só muda de idéia quando a bandinha toca Meu Ursinho Pimpão.

Os convidados agradeceram soltando vários outros oooooohs!

............................................

PADRE - ...Assim encerro esta cerimônia desejando muita felicidade aos noivos e um fim de semana abençoado a todos os convidados. E que aqueles postulantes ao concurso do MPU consigam passar na prova...

Gente, essa foi inédita! Não sabia que a cultura concurseira de Brasília tinha chegado até as bodas.

3 comentários:

Ana Fabre disse...

O recadinho do padre para os candidatos ao MPU foi simplesmente fantástico! hahaha

Nira disse...

Fala sério: os noivos estavam tentando vaga no concurso? rsrsrs

Anônimo disse...

Hilário.
Padre antenado, esse. Coisa rara.
m.Jo