segunda-feira, julho 19, 2010

C'est le nord



O prof de francês me falou algumas vezes do filme Bienvenue Chez les Ch'tis, traduzido no Brasil como A Riviera não é Aqui. Disse, entre outras coisas, que era ótimo, engraçado e campeão de bilheteria na França.

Fui assistir no fim de semana e comprovei: é bom mesmo!

Em resumo, é a história de um funcionário dos Correios que, para agradar à mulher, tenta ser transferido para a Riviera Francesa, no sul. Mas a única coisa que ele consegue é uma vaga em Bergues, no outro extremo do mapa.

O norte é retratado como uma espécie de inferno na Terra: gelado e cheio de gente estranha, que não fala a língua nacional, mas o ch'tis, uma espécie de francês chiado e torto.

As versões do título para o português e para o inglês não são lá essas coisas, mas ao mesmo tempo é difícil traduzir um detalhe cultural tão específico, né?

Gostei de tudo no filme, em especial de uma sequência em que o protagonista bate um papo não muito animador com um tio da esposa. Tem um pedacinho desse papo no trailer... reparem no jeito como ele diz "C'est le nord". Sensacional.

Tem muito filme ruim feito na terra de Godard e Alain Resnais, mas esse dá para ver sem medo. Vejam.

5 comentários:

caracol menina disse...

nem faloo francês. será que vou achar ebgraçada as cenas engraçadas? pq deve ter coisas engraçadas em relação ao idioma, sei lá.

enfim, dica anotadíssima!

=D

Nira disse...

Valeu a dica. Vou procurar pra assistir. Será que tem em DVD?

Mari Ceratti disse...

Nira, tá passando no CasaPark, o único lugar dessa cidade onde ainda dá para ver filmes que não sejam blockbuster. :-P

Solin, dá para achar engraçado sim. Os atores são superbons e a tradução deixa bem claro que existe uma diferença linguística brutal entre o protagonista e os outros personagens...

Beijo!

André Giusti disse...

O filme é muito engraçado. A cena da bebedeira é impagável, rolei de rir.

O fato de não saber francês não comprometeu meu entendimento sobre o filme.

Recomendo.

Anônimo disse...

O trailer é muito engraçado, vou ver sim!