quarta-feira, agosto 12, 2009

Dia de pescaria

Entre as mil coisas que ainda não consegui, mas ainda conseguirei, está fazer uma supercaminhada na W3 Sul, em Brasília, em busca de grafites fotografáveis. São muitos. A cada vez que passo lá dirigindo, fico enlouquecida, seja porque nunca dá tempo de parar, seja porque raramente estou com a câmera.

Aproveitei que teria de ir lá no sábado e levei a máquina fotográfica junto. O tempo era curtíssimo, mas deu para fazer uns cliques. Todas as paredes são do Espaço Cultural Renato Russo (508 Sul), que recebeu no mês passado uma exposição coletiva de grafiteiros do Brasil e da França.

Não consegui ver a mostra na galeria, mas como os desenhos retratados na fachada também fizeram parte da exposição, deu (dá) para ter uma idéia de como ela foi. Colei abaixo uns detalhes de que gostei. Ainda há outros, mas vou postando nos próximos dias.


Sobrou uma tripinha de céu no alto da foto. Adoro isso.

O desenho acima ocupa a lateral inteira do bloco. Muito fera. Se você reparar, há no fundo um prédio residencial tipicamente brasiliense. E essa banca também é inteira grafitada (mas meio feiosa).

Stairway to Heaven 2. A primeira da série é essa aqui. ;-)

Não tenho nada particularmente legal para falar dessas duas últimas fotos. Bom, são grafites bem-feitos. É o que importa.

3 comentários:

Anônimo disse...

me passe seu endereço depois
:P

meu deus, adoro qdo vc faz isso de: turismo na própria cidade. pode crer que qualquer dia faço o mesmo. basta eu ter o equipamento necessário.

solin

=**

Sônia Regina disse...

Demais sua visão da cidade, Mariana!

Brasília é assim mesmo... em cada passo temos uma surpresa, seja no céu, nas árvores ou nas paredes.

Um abraço
Sônia

disse...

Esse lugar ai da 508 sul é perfeito! Passo todos os dias lá na frente olhando os graffites..
Seu blog é show!