sexta-feira, agosto 26, 2005

Carência mata

Mary Amazon me mostrou agora há pouco o seguinte e-mail:

"Olá Meu Amor, você está recebendo um cartão virtual enviado por: Secreto em 20/08/2005 06:51

Antes de você visualizar o cartão ele(a) deseja que você leia algo antes:

Estou a sua volta, e você não percebe, sempre estou te observandotudo o que você faz, eu quero te dizer algo, mas tenho medo de acontecer tudo errado, e ter que me desiludir, mas agora tomei uma certa atitude e irei me revelar no final do cartao virtual estara meu nome e será uma grande surpresa, espero que seja boa, pois minha paixão é tão intenso por você! Você é a pessoa mais perfeita que ja vi! TE AMO!

Abaixo o link para você visualizar o cartão"

O link era um arquivo executável (.exe) que a gente não precisa nem abrir para saber que é vírus, cavalo de tróia ou qualquer outra porcaria virtual.

Marina bem lembrou que, se fosse uma pessoa muito necessitada, certamente abriria o anexo. Os hackers sabem disso e exploram como ninguém a carência de certas pessoas perdidas na internet...

Pensando bem, é preciso ser um pouco mais do que carente (e analfabeto digital) para topar abrir um arquivo desses. É preciso ser, literalmente, mobral para querer encarar alguém que escreve mal assim! Pelo menos é o que eu acho :o)

**********************************************

Que gracinha, todas as agências de notícias da internet estão propagando a notícia de que existe um vírus que usa o Orkut para roubar seus dados bancários. Falta de checagem da notícia dá nisso. Depois os críticos ficam dizendo (com um secreto prazer) que jornalista escreve tudo errado.

Pelo menos até onde a gente sabe, a única possibilidade de alguém usar o Orkut com esse fim é por meio daqueles scraps mais bobinhos, cheios de carinhas, cores, mensagens fofas... e um inocente link escondido no meio disso tudo, com alguma indicação do tipo "clique aqui para continuar lendo este recado". Aí é claro, o usuário está sujeito a qualquer praga virtual que esteja incorporada àquele link.

2 comentários:

Felipe Campbell disse...

Essa história de cartão chega todo dia no meu e-mail. Os caras capricham na template, nos detalhes. Pior é que se um dia for verdade, eu já vou ter apagado há muito tempo. Já recebi do UOL, musical card, Terra, O Carteiro, Web Cards... Ridículo!!!

beijocas

Gilberto Pavoni Junior disse...

não sei se vc percebeu, Fera, mas o vírus é a carência....